sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Sentir, apenas.



Existem dias e dias. Dias de chuva pra se esconder em casa e dias de sol pra rir com as amigas. Existem dias pra curtir a depressão e dias pra sair dirigindo ouvindo Beatles no rádio. Tem dias que preciso beber, tem dias que preciso sonhar, tem dias que preciso pensar, preciso sair, desestressar. Existem dias que incorporo um personagem, sou dançarina, sou palhaça, sou atriz. Existem dias em que só quero ficar trancada no meu quarto esperando as horas passarem e outros tantos que preciso molhar os pés no mar e simplesmente caminhar pela praia. Tem dias em que é preciso parar pra refletir, pra ler contos, pra pensar na vida.

Tem dias que é preciso ir na sorveteria, que é preciso dar um pulo na piscina, ver filmes, fazer as unhas, cuidar de você. Tem dias que é preciso brigar, lutar por seus ideais, resistir aos desafios e tem outros que precisamos desistir, insistir, persistir ou assistir. Existem dias em que preciso escutar aquela musica, e existem outros que mal posso escutar coisa alguma. Preciso correr, preciso terminar tudo na hora, estou com pressa, atrasada, me perdi. Mas tem dias como hoje em que meu coração está cheio de sei lá o que, transbordando daquela sensação que nem ao menos sei explicar.



Jéssica Bett.

Nenhum comentário:

Postar um comentário