quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

I bet you look good on the dance floor



Você estava lá sentada, vestida de preto, tule. Aquela maquiagem feita com a raiva de quem não queria estar no baile e foi arrancada da frente da televisão por algum motivo totalmente inexplicável. Cabelo jogado de lado, de qualquer jeito, bonita.
"Ele não vai aparecer idiota, pare de se preocupar", você pensou um milhão de vezes, mas nada explicava as unhas recém roídas. "Não tenho mais 15 anos, não sou uma princesa à espera, quero ir pra casa e acabar com isso", e mesmo assim não se moveu um palmo da cadeira. Dor, o sapato era um número menor, comprado há muito tempo atrás para um casamento qualquer, dor.
Teve a petulância de ser linda e de estar irritada ao mesmo tempo, "é agora, eu vou sumir daqui", levantou, voltou, sentou. Tive a impressão que iria desabar.

Quando o príncipe finalmente apareceu, virou as costas, tirou os sapatos com glitter, atirou em qualquer canto e veio dançar comigo.

Jéssica Bett.

Nenhum comentário:

Postar um comentário